Bola de Cristal, ou constatação do obvio?

Headline Estadão:

Mercado reduz projeção do PIB e estima inflação maior

Parece um retrospecto do meu post de semana passada, logo apos a divulgação do reajuste do salario minimo em 13,6%, e redução da Selic em 0.50p.p.. Das duas uma, ou eu tenho bola de cristal, ou era muito obvio, tão obvio que me parece improvavel que o Governo federal e o Banco Central não tivessem percebido a conclusão inevitavel de tais politicas pùblicas.
O argumento do Banco Central para redução dos juros foi uma possivel crise mundial, reduzindo de tal forma a demanda pelosprodutos dos quais somos exportadores, que se faria um esforço em fomentar a demanda interna, para suprir esta falta.
Isto faria sentido, se não fosse completamente irracional. Nos somos grandes exportadores de commodities, e não é possivel criar uma demanda interna por commodities, especialmente não parao assalariado médio. Em segundo ponto, poderia se argumentar que o que queremos não é a criação de uma demanda interna por commodities, mas sim canalizar para outros setores, que contribuiriam da mesma forma para a construção de uma demanda agregada. Vivemo hoje uma inflação de demanda; a capacidade instalada no Brasil jà hà muito tempo não é capaz de suprir a demanda, e aumentar o poder de compra do cidadão comum, não pode ser feito sem um investimento significativo em capital fisico, que de fato desloque a fronteira do posso produto potencial, aliviando a pressão da demanda, pois não o fazendo, a pressão inflacionaria corroerà o aumento nominal de salarios, de forma que não haja aumento do poder de compra.

Te parece razoavel?