Essa ilusão chamada distância…

Gostaria de começar o post fazendo  uma homenagem a alguém especial. Minha querida prima Priscilla, meus parabéns pelo seu aniversário, faço votos de profunda felicidade, alguém que tanto merece experimentar a plenitude e a complitude que Deus tem para nos oferecer.

Gostaria de falar de distância….parece algo tão físico, estamos a X quilômetros de distância…mas no final, a distância pode ser tão conotativa, tão circunstancial. Pode haver um abismo, uma distância absurda sentimental entre duas pessoas que estejam lado a lado.  A distância pode ser curta, a proximidade da alma de duas pessoas que estejam em hemisférios diferentes pode significar uma conexão muito maior do que a convivência diária jamais poderia criar por si só.

Gostaria de fazer uma campanha – vamos reduzir as distâncias emocionais antes de enxergar as distâncias físicas…

Anúncios