Condições climáticas adversas

Falamos com  frequência de mudanças climáticas como se fosse algo distribuído no tempo, que não nos afete diretamente, mas sim como algo natural, implícito,  como os movimentos de translação e rotação da Terra.
Pode até ter começado assim,  mas hoje em dia,  as mudanças climáticas estão mais presentes do que nunca.
Passei o fim de semana em São Paulo.  Logo antes de sair,  perguntei à minha amiga como estava o tempo na capital,  e a resposta foi bem quente e ensolarado.  Eu peguei o avião,  e quando nos aproximávamos de Congonhas, o comandante nos avisou que começaríamos o procedimento de espera, rodando em pleno ar, porque não era possível enxergar o aeroporto faça a neblina e chuva. Trinta minutos depois,  pousamos.
Na viagem de volta,  a Gol cancelou o serviço de bordo devido às condições climáticas adversas,  e a turbulência infindável de São Paulo a Belo Horizonte. 
As mudanças climáticas estão acontecendo,  e nos afetando,  cada dia mais. 
Existe uma discussão acerca dos procedimentos a serem tomados em relação a estas mudanças.  Segundo um podcast da University of Melbourne,  podem tomar medidas adaptativas,  ou corretivas.  A melhor das alternativas seria combinar ambas,  retardar as mudanças e se adaptar paulatinamente.

Human hand in climate change

http://m.youtube.com/watch?p=PL95AF48148BE456C0&v=GmYBfXt6Nfg&feature=plpp