Troco um adeus por até logo…

Hoje foi oficialmente o meu último dia como professora de línguas do Luziana Lanna Idiomas. Esta vertente pedagoga sempre esteve em meu sangue, mas tive a grande oportunidade de exercitá-la, de conduzir as pessoas ao conhecimento, a descobrir um idioma, e mais do que isso, descobrir sua capacidade de se comunicar de maneiras que antes não julgava ser possível. O ser humano se torna frágil diante de suas dificuldades, e se sua dificuldade é aprender, é papel do educador oferecer a mão, ajudar este aluno a se reerguer, se julgar capaz novamente de vencer mais este obstáculo, se ver forte novamente.

Eu entrei achando que ia fortificar meu inglês, acabei fortificando a minha alma. As pessoas às vezes menosprezam o trabalho do professor, do educador, mas em alguns momentos, você será a pessoa mais importante da vida de alguém. O aprendizado é muito lindo, e ocorre de maneira mútua, sem barreiras, nem preconceitos, ensinei a eles, aprendi com eles. Me tornei uma professora melhor e mais confiante a cada dia, pois abordava tudo como uma solução de mistérios. Mais do que tudo, agradeço à minha mãe, minha primeira educadora, professora e pedagoga, que me ensina todos os dias de minha vida que ao ser humano nada se ensina, apenas se mostra o caminho.

A vida toma um novo rumo, e me despeço de meus alunos, de meus colegas de trabalho, de todas as pessoas que estiveram envolvidas neste processo. Não encaro isso como um adeus, mas sim um até logo. Ninguém sabe o que o futuro nos reserva, mas uma certeza eu tenho, sendo professora ou não, levarei para sempre comigo a paixão de ensinar.

It is the supreme art of the teacher to awaken joy in creative expression and knowledge.

Já dizia o sábio Einstein: “A suprema arte de um professor é despertar a alegria na expressão da criatividade e conhecimento”

100_3439

100_3442

100_3647

100_3715

100_3943

100_3948

100_3949