O papel escreve no grafite

Poucos São os meus materiais escolares que duram mais do que um semestre. Dentre os poucos sobreviventes, há um deles que eu tenho especial afeição. Minha lapiseira, hoje já ligeiramente enferrujada, foi adquirida uma semana antes do Meu vestibular no Ibmec, onde começou minha trajetória em ciências econômicas. Eu passei no vestibular com esta lapiseira, fiz todo o Meu curso, me graduei, hoje estou no PhD com esta mesma lapiseira. Poucos testemunharam as noites mal dormidas, a incessante pratica dos exercícios e teoremas para chegar onde estou. Muitos foram os papeis e os grafites que passaram por nós, mas continuamos juntas. Chegará o dia desta lapiseira se aposentar, mas que fique registrado na historia que esta lapiseira ja graduada, hoje tambem trabalha em seu phd.

IMG_1090.JPG

Anúncios