Quando a história dói…

Estudamos história por diferentes razões…para entender onde estamos, procurar os porquês de as coisas serem como são, para aprender com os erros passados, para não esquecer nossa origem, para buscar traçar uma trajetória futura. Mas uma coisa é certa, a história é escrita pelos vencedores, e tão frequente como nossas próprias versões de histórias pessoais, as histórias do nosso povo faltam detalhes e pontos de vista negligenciados ao longo do tempo.

Esta semana eu descobri algo que muito me doeu. Descobri que os Estados Unidos, país onde hoje vivo, financiou o golpe de estado Brasileiro em 1964, que deu origem à Ditadura Militar. De fato, não é tão difícil de imaginar…mas acho que jamais havia parado para pensar nisso. Eles temiam a influença na China em nosso governo, pela proximidade de João Goulart com os chineses. Com a pretensa razão de auxiliar nossa Economia, financiam o que se desdobraria em duas décadas de medo, terror e tortura em nosso país….este foi o preço que julgaram justo pagar para não perder influência política sobre nossa pátria….eu não sei quanto a vocês, mas este preço não me parece justo…

Mas acima de tudo, o que me dói é ver que a história não cumpriu seu papel…não ensinou o povo americano a lição que se propôs, e fatalmente a história de repete. Dessa vez, não somos nós as vítimas, mas sim o povo iraquiano, que foi “salvo” da influência de Saddam Hussein para sofrer o que já dura uma década de guerra civil. Me pergunto até quando o instinto heróico americano levará países ao sofrimento e destruição, onde para poupar países da dor de uma unha encravada, resolve-se amputar o pé.

Anúncios